Pá de Beiju

Pá de Beiju

R$ 175,00Preço

Item decorativo

Feito com madeira (vinhático) pelos homens da etnia Kamaiurá localizada no Mato Grosso do Sul.

 

 

Dimensão: 

62 cm de comprimento X 14 cm de altura. 

  • Etnia Kamaiurá

    Os Kamaiurá constituem uma referência importante na área cultural do Alto Xingu, em que povos falantes de diferentes línguas compartilham visões de mundo e modos de vida bastante similares. A formação da pessoa Kamaiurá implica um período de reclusão na puberdade. No caso dos homens, passam a receber ensinamentos sobre as técnicas de trabalho masculino (como costurar a pena na flecha, fazer pente, trançar cesta e fazer cocar), não deixando de lado o treino da luta de huka-huka, essa reclusão pode levar até cinco anos,  são privados de atividades sexuais, o ato só é consumado, quando ele ja for um bom lutador e um líder formado.

     Já a jovem entra em reclusão por ocasião de sua primeira menstruação, quando ela aprende a fazer esteira, tecer rede e a executar tarefas femininas no preparo dos alimentos. Sua reclusão não dura mais do que um ano, período no qual ela não corta os cabelos. Ao sair, com um novo nome, é considerada adulta e pronta para o casamento.

    A unidade política dos Kamaiurá é a aldeia, cujo líder atua como mediador e regulador dos conflitos, mantendo a harmonia interna do grupo e expressando generosidade. O poder, de natureza marcadamente pacífica, ele exerce à medida que o grupo aceita e que obtém o apoio necessário dos líderes de grupos familiares.

    No quesito atividades  produtivas, principal fonte de aliemento é o beiju e a pesca. Grande parte dos materiais empregados na elaboração do artesanato é de origem nativa – madeira, embira, fibra de buriti, algodão etc. Mas usam-se também produtos industrializados, como contas e miçangas de porcelana e vidro, fio de lã e de algodão, lata, prego, corante etc. Dentre esses itens, o fio de lã compete com o de algodão nativo e tende em alguns casos (como para a confecção de redes de dormir) a substituí-lo integralmente.